Notícias

Por + MULHERES na Criação

Conheci o MORE GRLS há pouco tempo. Passando pelo feed do Linkedin uma publicação chamou a minha atenção.

Mas dei um clique e desprendi alguns bons minutos do meu tempo para entender o que era e do que se tratava.

Entendi. Gostei. Apoio e estou participando. E agora compartilho com vocês um pouco mais deste projeto, o More GRLS.

O projeto More GRLS vem à público para lutar pelas mulheres e pela sua importância dentro de agências de publicidade e dos núcleos de criação.

Hoje existem menos de 20% de mulheres na criação das agências (dados colhidos no site do More GRLS), e isso contribui negativamente na criação de peças, que por sua vez, são, na grande maioria machistas ou, não realistas.

Temos a mãe da família margarina, a gostosa da cerveja, a mulher ingênua e insegura, entre tantos outros estereótipos e padrões criados e impostos. Mas, criados por quem?

A maioria das mulheres não se sente representada na propaganda.

Mas são as mulheres que em sua maioria são as decisoras de compras e as realizam. De acordo com o More GRLS, as mulheres formam 85% do poder de compra.

Um poder de compra sem representação. Um poder de compra que não se vê nas marcas e nos produtos.

Voltemos a pergunta: quem cria as campanhas? Homens, com sua representação majoritária nas agências (80%).

Assim sendo o More GRLS luta pela inclusão de mais mulheres nas agências. O projeto pretende se tornar o maior mapa de talentos femininos nas áreas de publicidade, design e conteúdo para que todos possam conhecer e valorizar as criativas .

Precisamos de mais mulheres com voz na criação para criar as reais garotas propaganda!

O More GRLS também estimula algumas áreas (como imprensa, recrutadores e clientes) há se responsabilizar por estes números e buscar fazer diferente:

  • Agência: assuma o compromisso de ter 50% de mulheres na criação até 2020.
  • Cliente: investigue a sua agência e exija que a meta de 50% de criativas até 2020 seja cumprida.
  • Recrutadores: tenha sempre o mesmo número de criativos e criativas em processos seletivos.
  • Imprensa especializada: entreviste pelo menos uma criativa por edição.

O More GRLS, dessa forma, convida as mulheres à se cadastrarem no site e fazer parte deste projeto e para que tenham melhores oportunidades, sejam lembradas por jornalistas e organizadores de júri e principalmente clientes – que, sem dúvida, são grandes aceleradores desse processo.

“Conheça, reconheça e assuma o seu compromisso com a mudança. Podemos ser poucas agora, mas, com incentivo, a gente se multiplica.”

 

SEJA MAIS UMA – PARTICIPE!

 

Se você quer saber mais sobre o assunto, leia também a matéria do Meio e Mensagem: Mulher real na propaganda, só com mulher na criação.

 

 

Share:

Comentários no Facebook