Publicidade

Faça o seu melhor, spot.

Por que menosprezamos tanto os spots? Quando surgiu a televisão, disseram que o rádio ia acabar, e bom… não preciso nem terminar essa frase, né? mas um olhar mais atento sobre as agências irá perceber um certo menosprezo de muitos profissionais com essa mídia, ao ponto de alguns utilizarem o áudio de um vídeo em um spot. ISSO É UM ABSURDO, ISSO É AMADORISMO, e nos traz de volta à pergunta do início.

Vocês têm noção das possibilidades que podemos trabalhar em um spot? Trabalhar com a imaginação das pessoas, fazer elas se interessarem por algo que estão apenas ouvindo. Podemos estimular seus sentidos, fazermos elas se lembrarem do gostinho de um bolo de cenoura feito pelas avós, das brincadeiras de criança, das emoções de um abraço sincero e acolhedor.

Algumas das possibilidades na hora de criar um spot:

  • Criação de um Jingle;
  • Criação de uma Paródia;
  • Criação de uma assinatura sonora;
  • Uso de efeitos sonoros distintos/ trilha;
  • Uso de situações que estimulem as memórias, desejos e sonhos do consumidor;
  • Uso de gatilhos mentais para reter a atenção;
  • Estímulos à base dos cinco sentidos;
  • Vozes marcantes.

É um verdadeiro desafio, reter a atenção delas em meio às músicas; amamos músicas e

odiamos propagandas no meio delas, ou pelo menos eu não conheço ninguém que adore um intervalo comercial, a menos que você esteja apertado e queira ir ao banheiro, mas bom… Isso é mais coisa de quem está vendo televisão, não é mesmo?

Esse artigo não é nada inovador, pelo contrário: é tema de aula acadêmica; mas sinto que nós, redatores e atendimentos, estamos pecando ainda quando se trata desta mídia, e, com tantos avanços no mercado, temos que ter o cuidado para não nos esquecermos dos spots.

Não vou abordar outras peças que podemos utilizar na rádio, pois o objetivo é outro: Reforçar o poder dos spots. A rádio já foi o veículo mais importante do Brasil, e mesmo com as novidades diárias e suas possibilidades, este é meio que continua gerando resultados, inclusive, a retomada de crescimento dos podcasts é um sinal de que investir nos áudios continua sendo uma oportunidade, afinal, tudo depende do que dizer, onde dizer e como dizer.

Uma dica: o Spotify pode ser uma ótima opção dependendo do seu cliente, afinal, você pode segmentar, e muito, atingindo quem você deseja em cheio e com valores às vezes melhores.

Share:

Comentários no Facebook