InspiraçãoPrimeiros Passos

Conte algo que não sei

– Caro leitor, não se ofenda por favor. É só uma reflexão. Caso não queira pensar, feche esta página agora mesmo. –

 

Quantos artigos você leu? Quantos e-books baixou? Informação. Conteúdo. Novidades. Dicas.

Como você seleciona o que vai ler? O que te traz até aqui? Baixar ou não baixar o e-book? Me cadastro em mais uma landing page e recebo mais e-mails. Leio os e-mails? Ou não os leio? Alguns …

Vai do título né!

Agora tem até plataforma que avalia o se título do e-mail está ok ou não.

 

A produção de conteúdo está chegando em um estágio aonde não se tem mais sobre o que falar; o que dizer. Ah… mas tem tantos assuntos! Tem, mas sem explorar e ir afundo. Vimos muita superficialidade.

Nós produzimos conteúdos supérfluos. Nós consumimos conteúdos supérfluos. Não sempre. Mas produzimos e consumimos sim.

E quando vemos a superficialidade do conteúdo fechamos as páginas. E o cliente final que se interessou pelo título criativo e instigante também vai fechar.

O que você faz hoje, e o que vai fazer amanhã e no próximo ano (que já está tão perto) para não deixar que o seu lead (independente da etapa do funil) feche a página após ler o título e passar os olhos correndo pelas palavras?

O que nós vamos fazer?

Conte-me algo que ainda não sei. Conte algo que ninguém saiba. Descubra! Encontre uma saída. Rápido, por favor!

Não aguentamos mais superficialidades!

Share:

Comentários no Facebook