CuriosidadesEntretenimento

Conhecendo e entendendo a enteléquia

Li recentemente (Jan/2018) o livro – Alcançando Excelência em Vendas – SPIN Selling do Neil Rackham. E no último capítulo ele traz uma palavra, que até então eu não conhecia, a ENTELÉQUIA.

 

Neil Rackham explica o significado da palavra em uma frase curta:

 

TORNAR REAL O QUE É POTENCIAL

 

Como a curiosidade em saber mais sobre esta palavrinha, que parece ter um significado mágico, fui atrás de mais informações e conhecimentos a respeito da enteléquia, o qual compartilho com você!

ENTELÉAQUIA, do grego entelekheia. Sendo: en = dentro; entelos = finalidade interior. Utilizada principalmente por Aristóteles e seus seguidores, os mesmos designam como “tal a alma” ou o mesmo que a perfeição de uma coisa. Pode ser qualquer realidade que tenha atingido o seu ponto de perfeição. Ainda na linguagem aristotélica pode ser considerada a definição para “realização plena e completa”.

“A enteléquia é aquilo que, na natureza, preside a realização de todo ser, qualquer seja o reino a que pertença(mineral, vegetal ou animal); no domínio das produções do espírito e das que surgem da mão do homem, a enteléquia é, por exemplo, o que conduz o pintor, o poeta, o músico, o arquiteto, o erudito ou o artesão à plenitude de sua arte, de sua técnica ou de sua ciência; em todo encaminhamento iniciático, é aquilo que guia o recipiendário até a luz; em todo processo de cura, é o que reconduz o organismo doente ao seu equilíbrio natural. Agente de toda evolução e, ao mesmo tempo, resultado final dela, a enteléquia é a razão de ser do processo, e se acha nele contida desde o início e em todo o decurso de seu desenvolvimento, assim como uma árvore esta inteiramente contida em sua semente e em seu fruto.”  Bernard Rogers- Descobrindo a Alquimia, Círculo do Livro, 1988

Já na biologia, o termo enteléquia é utilizado, por Hans Driesch, como conceito de vitalidade presente nos seres vivos. O biólogo alemão fala que a enteléquia é o princípio da vida nos seres animados: equivale ao fator primordial, que se reduz a agentes físico-químicos como origem da atividade vital.

Biologicamente ou filosoficamente falando, a ENTELÉQUIA, pode ser entendida como algo ou a potência que nos move a um fim.

Share:

Comentários no Facebook