AtendimentoPublicidade

Atendimento – Além dos briefings

Com o cenário cada vez mais competitivo, o profissional do atendimento ultrapassou o nível saber fazer um briefing e tomar café com o cliente, aliás, apesar das brincadeiras não devemos menosprezar nunca suas tarefas. Trago inclusive a visão de Martins e Lupetti quando as atribuições necessárias para um bom atendimento publicitário.

De acordo com Martins (2003, p.43):

1 – Capacidade de saber ouvir;

2 – Estar sempre com as antenas ligadas em todo o universo do cliente;

3 – Confrontar as opiniões do cliente com as do seu mercado;

3 – Conhecer tecnicamente os produtos;

4 – Ser hábil na conduta de negociações com cliente, departamentos da agência e fornecedores;

5 – Ser um verdadeiro gentleman para conduzir com harmonia os momentos de conflitos e tensões.

 

 Enquanto Lupetti (2003, p. 58,59):

1 –Levantar o briefing (informações necessárias para realização da campanha) junto ao anunciante;

2 – Aprofundar seus conhecimentos sobre o mercado de atuação, sobre a empresa do cliente e seus concorrentes, incluindo a área de comunicação;

3 – Redigir o briefing e checá-lo com o cliente para evitar confusões e erros;

4 – Convocar a equipe de planejamento para discussões e tomadas de decisão sobre os rumos da campanha (reunião de planejamento);

5 – Abrir o pedido Interno de Trabalho (PIT), direcionado às áreas competentes;

6 – Registrar as decisões por meio de relatórios (relatórios de visitas);

7 – Acompanhar os trabalhos de criação, mídia e produção, zelando pela qualidade e pelos custos;

8 – Avaliar o trabalho antes de levá-lo ao cliente, ouvindo as defesas dos setores envolvidos e comparando-as com os objetivos do cliente;

9 – Apresentar a campanha para o cliente, fundamentada nas informações deste, nas pesquisas realizadas e nas oportunidades de mercado;

10 – Agilizar os trâmites burocráticos envolvidos na aprovação da campanha.

Agora para entender melhor o trabalho desse profissional junte as visões dos autores citados e some a outros fatores como o papel de negócios que ele possui, ele tem o papel de buscar novos clientes, deve buscar ter uma rede de contatos, o networking nessa área é extremamente importante, passar confiança e credibilidade são fundamentais.

E não podemos esquecer do feeling de atendimento que vamos chamar de cuidado de mãe, seu cliente muitas vezes não vai saber dizer do que ele precisa ou vai dizer algo que não atende ao seu objetivo, é nessa hora que você deve ativar seu poder e saber dizer o que será melhor para ele. E relaxe, isso vem com o tempo, afinal leva-se tempo para acostumar que você tem um filho, ou melhor cliente para cuidar.

Se você ainda não compreendeu a importância desse profissional vamos falar em parábolas, em um time de futebol moderno, o meio de campo é responsável por servir os atacantes, comandar as principais jogadas, e até mesmo voltar para marcar, os atacantes recebem a bola do meia e devem estar preparados para serem certeiros, finalizarem. Ou seja, darem conta do recado e fazer o time ir além das expectativas. Mas voltamos ao meia, ou melhor vamos falar de futebol americano, está em alta no Brasil e o quarterback é o principal jogador do time, também orienta seus jogadores, passa as informações e serve de garçom com passes perfeitos. Acho que vocês já conseguiram entender o paralelo que quero traçar…Mas aos desentendidos, esses meias e quarterbacks são os atendimentos publicitários, deu de entender a importância desse profissional agora?

Share:

Comentários no Facebook